quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

5 Centímetros por segundo



"Ei...
Dizem que são cinco centímetros por segundo.
Hum? O quê?
A velocidade com que a pétala de uma flor de cerejeira cai.
Cinco centímetros por segundo."

Yoo, minna :) Tudo bem? Como estão passando de início de ano?

No post de hoje vou falar sobre um filme bem conhecido por fãs de animações japonesas, o 5 centímetros por segundo.



O filme é dividido em três partes, sendo a duração total de aproximadamente uma hora e dois minutos.


(Mas eu tenho certeza de que você ficará bem)

A primeira parte se chama As cerejeiras escolhidas e nela somos apresentados aos dois personagens principais: Akari e Tohno-kun, dois amigos de infância que acabam ficando separados depois que Akari se muda para outra cidade. Nessa situação, os dois começam a trocar cartas para manter o contato.



Há também algumas das cenas mais marcantes do filme, em que Tohno faz de tudo para ver Akari mais uma vez antes que ele também se mude para ainda mais longe.



A segunda parte, Cosmonaut, mostra Tohno em sua nova rotina na cidade para a qual se mudou,  enfrentando o ensino médio e focando no amor que sua amiga nutre por ele, mesmo sabendo que ele está bem distante dela.



E, finalmente, a terceira e última parte (a mais curta de todas) que dá nome ao filme, mostra trechos da vida adulta de Akari e Tohno, e como a distância pode realmente prejudicar relações.





Mais uma vez, com certeza uma das partes mais emocionantes do filme.

Confesso que tive que ver esse filme de novo para fazer esse post. Não me lembrava tão bem assim de como me senti como vi ele pela primeira vez. Todos os sentimentos voltaram! Acho que não importa quantas vezes você veja, essa sensação de angústia sempre ficará no seu coração kkk Mas foi boa ter essa "segunda experiência" de assistir de novo.

Já aviso que 5 centímetros por segundo está longe de ser um conto de fadas com final feliz. É um filme que transmite uma espécie de tristeza do seu começo até o fim. Então esteja ciente disso antes de vê-lo!



Ele tem como foco a distância, como ela pode ser avassaladora, e também como nem sempre as coisas dão certo na vida. Fiquei muito angustiada pela situação dos personagens, principalmente do Takaki-kun (como a Akari costumava chamá-lo). Esse filme me serviu de um certo "alarme" que eu não quero nunca que isso aconteça comigo, principalmente com pessoas queridas, e que farei de tudo para evitar que a história deles possa virar a minha realidade também.







Além dos gráficos serem lindos, acho que todo o cenário contribui para passar essa sensação de ingenuidade de quando somos crianças, da insegurança quando adolescentes e das coisas com que temos que aprender a lidar quando adultos.



A música tema do filme também não ajuda nada a conter a tristeza gerada! Mas claro que passa exatamente o clima dele, de sempre procurar a pessoa que gosta em qualquer lugar que vá, do sentimento que querer que ela esteja lá, de poder encontrá-la novamente, mesmo que saiba que há uma pequena chance de isso realmente acontecer. É de fazer chorar :,(





5 centímetros por segundo foi para mim, desde a primeira vez, um filme intrigante. Apesar de sentir que ainda tenho mais para escrever sobre ele, há também o sentimento que eu não entendo completamente a mensagem que ele quer passar. Ou talvez ele só queira nos mostrar uma realidade que nem sempre vemos retratada em outros filmes, nos fazendo parar, pensar e refletir. E, posso garantir, se era isso o que o diretor queria, ele com certeza conseguiu.



Acho que não consigo mais explicar sobre esse filme. Eu sinto que literalmente não tenho mais palavras que me permitam transmitir o que sinto com ele kk Esse único motivo já faz dele uma recomendação fortíssima para todos.

Se você ainda está indeciso, venha ver mais uma opinião para assisti-lo nesse post do blog garotas geeks.

Filme

Trailer (inglês - espanhol)

Música

Espero que tenham gostado :) Mais alguém viu esse filme?

Jane *-*


Nenhum comentário:

Postar um comentário